CHAMADAS PARA PUBLICAÇÕES

CIVITAS: Revista de Ciências Sociais

Civitas

História, desenvolvimento e ensino da ciência política no Brasil e na América Latina

A revista Civitas comunica que entre dezembro de 2018 e fevereiro de 2019 estará aberta a chamada de artigos para o dossiê “História, desenvolvimento e ensino da ciência política no Brasil e na América Latina”. Na última década, os estudos sobre a constituição/consolidação do campo da ciência política apresentaram um crescimento significativo na região. O aumento da produção evidencia também uma profícua passagem de estudos mais descritivos e exploratórios para pesquisas mais densas teórica e metodologicamente.Outro efeito deste crescimento foi o aumento contínuo do número de investigadores debruçados sobre o tema. Este processo crescente de institucionalização de uma rede de colaboração entre tais pesquisadores teve na publicação do Manifesto de Popayan, lançado no encontro da Associação Colombiana de Ciência Política em 2014 mais um passo importante. Processo este reforçado pela constituição de extensa rede de pesquisadores, que participam dos grupos de trabalho e das mesas redondas dedicadas ao tema nos congressos da Alacip e das associações nacionais de ciência política da região.

Com o propósito de contribuir para a consolidação desta rede de colaboração na região, este dossiê se propõe a reunir artigos que analisam os processos de estruturação da disciplina e sua relação com disciplinas afins a partir das mais variadas abordagens e técnicas de pesquisa. Buscamos com este esforço: 1) fomentar a discussão acerca do ensino da ciência política na região; 2) incentivar a publicação de estudos interdisciplinares, bem como de análises comparativas com as demais ciências sociais; 3) dar continuidade ao debate sobre a história da institucionalização da ciência política em âmbito nacional e em perspectiva comparada e; 4) articular no dossiê trabalhos que partam de diferentes abordagens sobre a disciplina, instigando a pluralidade de técnicas de pesquisa, referências teóricas e dos dados analisados.

Para mais informações, acesse o site da revista