A ANPOCS se solidariza com a OAB e com todos(as) que repudiam o desrespeito e a crueldade perpetrados pelo presidente da república (em minúsculas mesmo) à memória daqueles que perderam suas vidas lutando contra a ditadura militar.

Esse senhor, que já elogiou publicamente dois dos piores torturadores dos regimes militares da América Latina, desonra mais uma vez o cargo que ocupa ao violar princípios basilares da Constituição Federal, pautada nos Direitos Humanos.