LIVROS

Religião como Tradução: Missionários, Tupi e "Tapuia" no Brasil Colonial

 religiao

Autor: Cristina Pompa
ISBN: 85-7460-213-2
Editora: ANPOCS, EDUSC
Edição: 2003
Número de páginas: 444

Sinopse: Este livro se insere na trilha de pesquisas que procuram reescrever a história da América Indígena, mostrando um mundo de mudanças, adaptações e negociações, de constantes redefinições identitárias. Tal perspectiva rompe com a imagem da sociedade colonial tradicionalmente construída pela antropologia e pela historiografia, na qual os índios e evangelizadores aparecem como blocos monolíticos, opostos e irredutíveis. Lançando mão de fontes inéditas e de documentos já conhecidos, a autora desenvolve um estudo minucioso em que demonstra que o processo de construção simbólica do Outro tem suas razões nos primeiros contatos entre missionários e Tupinambá do litoral, no século XVI, mas não se esgota com a virada do século, com a suposta extinção ou "assimilação" dos Tupinambá. Essa história continua, de outras formas, em todos os lugares e com outros índios. É apresentado aqui o estudo desse percurso, que acrescenta uma outra dimensão ao panorama das pesquisas sobre o mundo indígena colonial: o sertão do Nordeste no século XVII, onde os "Tapuia" disputaram com os missionários tempos e espaços de poder simbólico.