LIVROS

Sistema Estatal e Política Econômica no Brasil pós-64

torcidas

Organizadores: Adriano Nervo Codato
ISBN: 85-271-0408-3
Editora: ANPOCS, Editora Hucitec, Editora UFPR
Edição:
Número de páginas: 367

Sinopse: Entre os governos militares que se sucederam no Brasil de 1964 a 1984, o do general Ernesto Geisel (1974-1979) foi provavelmente o menos deletério à democracia e o mais consistente em ter­mos de política econômica. Sob este últi­mo aspecto, chega inclusive a fazer boa figura face aos diversos governos civis dos últimos dez anos. Apenas deixou de colher melhores resultados naquela época devido à situação de crise da economia mundial, e por causa da falta de continuidade da sua orientação no governo subsequente, do ge­neral João Batista Figueiredo. Nesta últi­ma variável não foi pequena a influência da atuação de nossas classes empresariais, sempre muito ciosas da defesa de seus in­teresses corporativos mais imediatos, além de infensas a quaisquer tentativas de coor­denação centralizada das políticas eco­nômicas governamentais.

Todas essas questões são abordadas com grande competência no presente trabalho, da autoria de um jovem cientista político dotado de boa perspectiva histó­rica. O livro se concentra no exame de uma instituição-chave criada pelo gover­no Geisel e posteriormente desativada, cuja existência e funcionamento marcaram de forma substantiva as medidas e atividades daquele governo.
Adriano Nervo Codato não limita sua análise às estruturas bu­rocráticas daquele órgão estatal, incor­porando em seu estudo as relações e os conflitos de classe que tornam inteligíveis as diversas políticas econômicas. Essa sensibilidade teórica, aliada a uma gran­de riqueza de dados e informações, con­tribui para transformar seu trabalho numa obra de referência para a compreensão dos rumos da economia brasileira contem­porânea.